140 Film

Versão em português lá embaixo! 😉

It was a beautiful and warm sunday. It was also the solstice of June, which announces the transition from spring to summer for the ones on the Southern Hemisphere.

140_logo_FK

June, 21st 2009: the day when 140 filmmakers all over the world got together to make 140 seconds movies about connection. Everybody should think about such questions: what connects us to our homes? What is special, what inspires and connects us there?

The shooting happened simultaneously all over the world, based on the GMT timezone. For some it was dawn, for others already day. The thing is, when the clocks showed it was 8 p.m. according to GMT,  we all should press the ‘rec’ button and just free our creativity. Some may ask: why 140 filmmakers recording 140 seconds each?

All the idea came from twitter, a kind of “micro-blog” where people can answer the question “what are you doing?” in only 140 characters. Twitter was also the platform used by the irish producer and director Frank Kelly to get in touch with filmmakers and decide who would be on board!

I shot in Berlin and the sunset on that day was really amazing. After I switched off the camera, it started to rain. Fortunately all I wanted to shoot was already on the tape! I was very happy to capture some interesting moments for my contribution to the 140 Film and I’m glad to be part of it (my name is the #117).

Afterwards, Kelly had (and still has!) the hard job of putting everything together in a full-lenght documentary, which will be released soon. Meanwhile, a preview of the film will be screened tomorrow (thursday, October 1st) in Bozeman, Montana, USA, during the Hatch Festival.

I must say, that it’s great to use the new technologies and discover another possibilities to make and show movies. Beyond that, I find very nice that so many people who don’t know each other, got together at the same time and gave their feelings for the film. I’m sure that this kind of “global” energy will be realized on the final version of the movie. From my side, it was made with my heart – and I think everybody did so!

Why am I talking about it here on the blog? Soon you’ll understand it!!!

P.S: As you, who read this post at the moment, I’m very curious to watch the 140 Film. As soon as we can share the film officially, I’ll put a link here.

UPDATE 7th November 2009: The trailer of the film is below, after the portuguese version.

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Foi um lindo domingo de calor. Foi também o solstício de junho, que anuncia a transição da primavera para o verão aos que vivem no Hemisfério Sul.

21 de Junho de 2009: o dia em que 140 cineastas do mundo inteiro se reuniram pra fazer filmes de 140 segundos falando sobre o tema conexão. Todos deveriam pensar em questões como essas:  o que nos conecta aos lugares onde vivemos? O que é especial,  o que  nos inspira e nos conecta a esses lugares?

As gravações aconteceram simultaneamente no mundo inteiro, baseadas no fuso-horário GMT (Hora de Greenwich). Para alguns ainda era madrugada, para outros já era dia alto. O fato é que quando os relógios indicassem que era chegada a hora, 8 da noite GMT,  todos nós deveríamos apertar o botão “record/gravar” e liberar a criatividade.  Alguns devem se perguntar: por quê 140 cineastas gravando cada um 140 segundos?

Toda a ideia surgiu a partir do twitter, uma espécie de “micro-blog” onde as pessoas respondem à pergunta “o que você está fazendo?” em apenas 140 caracteres. O Twitter foi também a plataforma usada pelo produtor e diretor irlandês Frank Kelly (em inglês) para entrar em contato com cineastas e decidir quem faria parte da empreitada!

Eu gravei em Berlim e o pôr-do-sol naquele dia estava realmente incrível. Depois que desliguei a câmera, começou a chover. Por sorte, tudo o que eu queria gravar já estava na fita! Fiquei bem contente em poder capturar alguns momentos interessantes para a minha contribuição ao  140 Film (em inglês) e estou orgulhosa de fazer parte do projeto (meu nome é o número 117).

Depois de ter todos os curtas em mãos, Kelly teve (e ainda tem!) a árdua tarefa de colocar todo o material junto e transformá-lo em um documentário de longa-metragem que será lançado em breve. Enquanto isso, uma espécie de premiére do filme inacabado será feita amanhã (quinta-feira, 01 de Outubro) em Bozeman, Montana, nos Estados Unidos, durante o Hatch Festival.

Eu devo dizer que acho genial a ideia de usar as novas tecnologias e descobrir novas possibilidades  de fazer e de mostrar filmes. Além disso, é muito bacana ver que tantas pessoas que não se conheciam (e ainda não se conhecem em alguns casos), se uniram ao mesmo tempo e deram os seus sentimentos para o filme. Tenho certeza que essa espécie de energia “global” vai ser percebida na versão final do longa. Da minha parte,  o curta foi feito com o coração – e eu acho que foi assim pra todo mundo !

Por quê eu estou falando do filme aqui no Blog? Em breve vocês vão entender!!!

P.S.: Como você, que está lendo isso aqui agora, eu também estou muito curiosa pra assistir o 140 Film. Assim que algo possa ser mostrado oficialmente, eu colocarei um link aqui.

ATUALIZAÇÃO de 07.11.2009
Trailer do filme aí embaixo:

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s